Energia Solar Fotovoltaica

A FIRSTRULE é produtor de energia solar fotovoltaica através da sua associada ORANGEWAYS, e instalou até à data, mais de 126 centrais em todo o país com uma potência de 9,8 Mw.

Energia Solar Fotovoltaica – Centrais Solares Fotovoltaicas em todo o país. Para conhecer o portefólio das nossas instalações CLIQUE AQUI

Centrais de Energia Solar Fotovoltaica recentemente Instaladas

AE de Miranda do Corvo

Potência nominal: 70 kW
Potência pico: 80,8 kW
Produção estimada: 132.108 kWh/ano
Consumo equival.: 57 habitações
Economia CO2: 129 Tm
Área de produção: 506 m2
Nº Painéis: 316

CM Aljustrel – Pavilhão Municipal

Potência nominal: 40 kW
Potência pico: 43,61 kW
Produção estimada: 71.302 kWh/ano
Consumo equival.: 31 habitações
Economia CO2: 69 Tm
Área de produção: 273 m2
Nº Painéis: 172

CM Aljustrel – Piscina Coberta

Potência nominal: 40 kW
Potência pico: 43,61 kW
Produção estimada: 71.302 kWh/ano
Consumo equival.: 31 habitações
Economia CO2: 69 Tm
Área de produção: 273 m2
Nº Painéis: 172

CM Aljustrel – AE De Aljustrel

Potência nominal: 60 kW
Potência pico: 65,28 kW
Produção estimada: 106.732 kWh/ano
Consumo equival.: 47 habitações
Economia CO2: 104 Tm
Área de produção: 409 m2
Nº Painéis: 256

CM de Mértola – Piscina Municipal

Potência nominal: 40 kW
Potência pico: 43,61 kW
Produção estimada: 71.302 kWh/ano
Consumo equival.: 31 habitações
Economia CO2: 69 Tm
Área de produção: 273 m2
Nº Painéis: 172

Clube de Futebol da Trafaria

Potência nominal: 40 kW
Potência pico: 41,6 kW
Produção estimada: 68.116 kWh/ano
Consumo equival.: 29 habitações
Economia CO2: 66 Tm
Área de produção: 261 m2
Nº Painéis: 164

    Pedir mais informações

    Sim, dou consentimento para tratamento dos meus dados pessoais.

    Um sistema solar fotovoltaíco gera eletricidade através da captação da radiação solar. Esta energia é obtida de forma limpa e sem custos, estando a capacidade de geração ligada à radiação solar no local de instalação da central. Portugal é uma geografia excelente para a produção deste tipo de energia e nesse sentido o Governo Português procura fomentar a sua adoção. Através da legislação atual, o Enquadramento Geral do Regime de Produção Distribuída são definidas duas formas de exploração das instalações fotovoltaícas: Unidade de Pequena Produção (UPP) – Na qual a eletricidade gerada é injetada diretamente na RESP (Rede Elétrica de Serviço Público). Esta eletricidade é vendida à rede a uma tarifa bonificada definida pelo Estado Português e sujeita a leilão; Unidade de Produção para Autoconsumo (UPAC) – Na qual a eletricidade produzida é injetada preferencialmente na instalação de consumo do cliente gerando poupança e eventuais excedentes de produção a serem injetados na RESP. 1) Levantamento do potencial de geração fotovoltaica dos edifícios/locais; 2) Planeamento e dimensionamento de centrais solares de acordo com o modelo de exploração mais favorável ao cliente; 3) Investimento ou coinvestimento nas centrais a construir; 4) Instalação das centrais em modelo EPC (chave na mão) por um valor pré-acordado; 5) Manutenção e acompanhamento da produção das centrais já construídas. Acreditamos fortemente nas potencialidades da energia solar fotovoltaica e estamos constantemente à procura dos melhores projetos do mercado. Se é o proprietário ou responsável por um edifício que pensa ser ideal para este investimento contacte-nos!